Passos do Tribal Fusion bellydance: ¾ Shimmy

foto: Diana Souza

Hoje iremos falar do ¾ shimmy. Por que o ¾ shimmy pode causar em algumas alunas aquela sensação de travamento, de frustração e ele acaba sendo abandonado do treino? Como deixá-lo seguro e fazê-lo com tranquilidade?

Assim como o L da dança oriental, o hagallah, e o shimmie “de quadril” tanto da dança oriental e do tribal fusion, o shimmie ¾ é um daqueles movimentos que você precisa ter controle do seu corpo, um certo relaxamento, e uma técnica segura para fazer rápido. Assim como todo movimento que há em toda dança, não há segredo, a não ser o treino. Porém, apesar disso, podemos falar aqui sobre como treiná-lo e deixá-lo cada vez mais confortável em sua prática. 

O ¾ shimmy pode ser para cima ou para baixo. Ambos podem ser realizados com os pés no chão ou na meia ponta, com ou sem deslocamento. Ele consiste de 3 movimentos de quadril no plano vertical e no eixo sagital. Estes movimentos são dissociados (não possuem locks), pois se tratando de shimmie vamos precisar realizá-los com velocidade. Digamos que estamos fazendo ¾ shimmy para cima e estamos começando com o lado direito. A pisada é feita no 1, e dali, já se coloca o lado direito do quadril para cima. no 2 o lado esquerdo para cima, e no 3 direito para cima. No 1, trocamos o peso para o outro lado e fazemos a mesma coisa. D-E-D | E-D-E. 1-2-3 | 1-2-3.

  1. Mantenha-se na contagem do movimento. Esta é a dica mais importante e o ponto que mais “pego no pé” das minhas alunas. Os 3 “locks” podem ser dentro de 4 tempos, 2 tempos, ou 1 tempo, dependendo da velocidade que você está treinando. Comece beeeem devagar, com os locks molinhos – por isso usei aspas na palavra lock, pois você não irá treinar com acentuação. Mantenha-se em uma velocidade que você consiga realizar apenas 3 – não duas, nem quatro, mas três – movimentos. Quando estiver confiante em treinar em uma velocidade, passe para a próxima e treine mais rápido. 
  2. Mantenha a qualidade do movimento. Se você está realizando o ¾ shimmie no lado direito, faça o segundo lock (na esquerda) com a mesma qualidade. Se você esquecer do lado que faz a contagem 2, o movimento ficará muito pequeno, e só vai dar pra ver nas contagens 1 e 3.  às vezes é preciso diminuir o lado que começa e termina (1 e 3) para que o 2 fique parelho.
  3. Troca de peso. Preste atenção na hora de trocar o peso, no momento 1. Faça o treino com o pé inteiro no chão, sentindo a troca de peso. Se estiver muito rápido e você não consegue transferir peso suficiente ou não consegue sentir isso propriamente, treine mais devagar. Depois de ter confiança na troca de peso no chão, treine na meia ponta.
  4. Não fique com “raiva” por não estar conseguindo, respire fundo e tenha paciência. Treinar devagar ajuda a relaxar e conseguir a coordenação suficiente.
  5. Ao ter mais segurança no seu shimmie ¾, treine-o com deslocamento.

Espero que estas dicas ajudem a melhorar seu ¾ shimmy, muito obrigada e até a próxima!

Com carinho,
Aline Pires

Meu Instagram: @alinepiresbellydance

Aline Pires é bailarina e professora de dança oriental e tribal fusion, graduanda em Educação Física na UFSC.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s